Facility Manager - 7 dicas essenciais para sua carreira!

Tempo de Leitura: 6 minutos 

Facility Manager – ou gestor de facilities – tem conquistado cada vez mais visibilidade nas empresas devido à sua importância para a melhora da qualidade de vida das pessoas e para a alta da produtividade. Cresceu também a quantidade de profissionais capacitados e a competitividade pelas vagas no mercado de trabalho. Por isso, é preciso ficar atento às melhores práticas para receber boas oportunidades. 

Confira abaixo 7 dicas essenciais para você alavancar sua carreira: 

 1) Entenda quem você é e onde quer chegar 

Marcos Maran, Sócio-fundador da ABRAFAC – Associação Brasileira de Facility Management, Property e Workplace, defende que é essencial saber quem você é hoje e onde quer chegar para poder direcionar melhor seus estudos, cursos e especializações. 

Ele explica que há diversos tipos de Facility Managers. Por exemplo, aquele que trabalha com sistemas prediais, elétricos e hidráulicos e cuida da prevenção e combate a incêndios e da manutenção de fachadas, pisos e tetos. Esse, lida diretamente com a manutenção predial da empresa e, portanto, deve ser mais técnico – geralmente, é formado em áreas como eletrotécnica, mecânica ou civil.  

Em algumas empresas, o Facility Manager também trabalha com assuntos da manutenção predial.

Há, ainda, o que trabalha em uma empresa ou indústria e não lida com esses sistemas em seu dia a dia, pois o responsável é o departamento da manutenção. Portanto, esse FM cuida de outros facilities, como a limpeza, a iluminação e o fornecimento de água da empresa. Este, portanto, não precisa ser tão técnico.  

Porém, ambos devem ser generalistas. Isso porque, em seu dia a dia, todo facility manager lida com diversas questões, como iluminação, elétrica, doenças respiratórias, limpeza, pintura, sustentabilidade, problemas ambientais, entre outros. Portanto, os profissionais devem entender um pouco de tudo, ter um conhecimento básico acima do normal e conseguir transitar por todas as conversas – seja com um engenheiro, seja com o RH. 

 Logo, descubra quem você quer ser, para definir como irá direcionar sua carreira e o que irá estudar. 

2) Não pare de estudar nunca! 

O Facility Manager pode estudar online por meio de cursos, eventos e vídeos no Youtube

É muito importante que o FM continue sempre estudando e buscando especializações. Ricardo Barros, Gerente de Facilities do Grupo Konecta, recomenda não apenas cursos, MBAs e especializações, mas também vídeos do YouTube e leitura de blogs e revistas. Tudo isso conta e agrega muito conhecimento. Afinal, é preciso estar sempre atualizado para tornar sua gestão ainda mais eficiente. 

Conheça 6 boas práticas para um gestor de facilities: confira as dicas! 

3) Seja associado às principais associações  

Ao se associar às principais instituições, é possível fazer networking, participar de eventos importantes e receber conteúdos e materiais exclusivos. 

Marcos Maran recomenda que todo FM se associe à ABRAFAC, pois estará por dentro de uma das mais importantes e reconhecidas associações de profissionais de facilities. Katia Gadelha, Facility Manager há mais de 29 anos, recomenda a participação de mulheres no grupo “Mulheres em Facility Manager e Workplace” (antes, denominado “Mulheres de Facilities”). Hoje, mais de mil mulheres no Brasil e em Portugal fazem parte e unem suas forças para fomentar o papel feminino na área. 

Além dessas, os profissionais também citam a importância da ABRALIMP – Associação Brasileira do Mercado de Limpeza Profissional, da Corenet Global – The Global Association for Corporate Real Estate e da Corenet Brazil.  

4) Participe dos eventos da área 

Participe dos eventos mais importantes da área. Neles você aprenderá muita coisa, poderá se atualizar e fazer networking com outros profissionais de facilities. Marcos recomenda, por exemplo, os eventos da ABRAFAC e o Prêmio ABRAFAC – que, este ano, está em sua 16ª edição.  

Katia lembra que, em maio, é comemorado o World FM Day - Dia Mundial do Facility Manager. Portanto, vários eventos ocorrem nesse mês. Fique atento! 

5) Acompanhe o que está acontecendo  

Leia blogs, revistas e informes do setor. Por ser multipluralista, o FM precisa acompanhar sites que façam sentido no seu dia a dia. Marcos Maran aconselha seguir as informações da Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (U.S. Environmental Protection Agency | US EPA) – fonte de conhecimento sobre água e sustentabilidade – e do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC – Centers for Disease Control and Prevention) – responsável pelo controle de diversas doenças, como as respiratórias. A Covid-19, por exemplo, é uma dessas doenças – que demandou que o FM readaptasse toda a estrutura das empresas, tanto para lidar com o “novo normal” do trabalho presencial (disponibilizar álcool gel e promover o distanciamento) – quanto do home office (fornecer notebooks potentes, mesas e cadeiras adequadas aos seus funcionários).  

O CDC também aborda a questão da poluição atmosférica, assunto presente no dia a dia de muitos FM. Afinal, é preciso saber quanto de poluição é aceitável em um ambiente industrial, por exemplo, para respeitar a saúde dos colaboradores e para estar de acordo com leis e regulamentos.  

6) É essencial ter capacidade de relacionamento humano. Trabalhe isso em você! 

O Facility Manager interage com diversos departamentos da empresa. O FM precisa interagir com pessoas de diversas áreas – como Recursos Humanos, os trabalhadores das fábricas, os responsáveis pela limpeza. Por isso, ele precisa saber se relacionar com pessoas, saber ouvir de verdade para interpretar e ajudar a chegar nas soluções ideais para a empresa. Sendo assim, é imprescindível ter a capacidade de se relacionar com outras pessoas. Aprimore essa capacidade! 

Tendências de Gestão de Facilities

7) Desenvolva sua capacidade analítica 

O Facility Manager passou a poder contar com milhares de dados disponíveis para análise – por meio de softwares de gestão, sensores e até de termostatos. Acompanhar e interpretar relatórios, indicadores e métricas é essencial para orientar as tomadas de decisão mais assertivas.  

Assim, pode-se escolher o melhor período para realizar a manutenção preventiva em uma máquina tendo como base as informações de que dias e horários ela costuma ser menos requisitada. Com o auxílio de um sensor, é possível saber quantas pessoas utilizaram um toilet e, portanto, realizar a limpeza e reabastecimento de papel no momento certo. Além disso, é possível determinar se é melhor concertar um equipamento ou substituí-lo por um novo. 

Enfim, todas essas decisões impactam no resultado financeiro e na satisfação de clientes, colaboradores e demais stakeholders. Por isso, é importante utilizar as tecnologias a favor de sua gestão. Afinal, o FM deixou de ser apenas operacional e se tornou também uma função estratégica. 

 Conheça 8 benefícios de utilizar um software de gestão de facilities 

DICA EXTRA: Construa sua marca empregadora!

Não entenda por marca o nome da empresa onde trabalha, mas sim você próprio. Sim, você tem uma marca pessoal e profissional e, portanto, uma imagem a passar. Como quer ser percebido? Veja e seja visto. Mas, também, conecte-se, interaja e contribua para a área. Katia revela seu lema: “compartilhar para ampliar”, pois, assim, você contribui para a expansão da área. Além disso, você “acaba contribuindo para sua própria marca também, pois o outro enxerga valor no que você entrega”. 

Para isso, você pode utilizar as redes sociais, sobretudo o LinkedIn. Faça parte de grupos, compartilhe seus artigos e ideias. Deixe seu perfil bem estruturado e exponha seus propósitos e o que você entrega. Lembre-se: você pode até adicionar mil pessoas da noite para o dia, mas a conexão só se constrói com o tempo – e é isso que você precisa buscar. 

Aproveite para entrar em grupos de WhatsApp e contribuir para as discussões, compartilhar conhecimentos e acontecimentos do dia a dia. 

A questão é: esteja presente! Tudo isso só irá contribuir para o seu crescimento. 

Colaboração Técnica

Katia Gadelha – Com atuação em Facilitiy Management há mais de 29 anos, é membro voluntária da Diretoria de Eventos da ABRAFAC – Associação Brasileira de Facility Management, Property e Workplace e do Comitê de Desafios no Workplace. Também faz parte da Comissão de Estudo Especial de Facility Management CEE267 (ABNT ISO 41000), do Grupo Mulheres em Facility Management e Workplace e do Grupo de Gestores de Facilities – GRUPAS. É Líder do Grupo Facility Open e do Grupo Amigos em Conexão – Apoio à recolocação profissional e conexões genuínas.  

Marcos Maran – Sócio fundador da ABRAFAC- Associação Brasileira de Facility Management, Property e Workplace, onde exerceu a Presidência Executiva em duas gestões, antes passando pelos cargos de Diretor-Secretário e Diretor-Tesoureiro. É conselheiro da ABRAMAN – Associação Brasileira de Manutenção e Gestão de Ativos. Colaborador da ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas na redação de textos nas áreas de manutenção, operação, ar-condicionado e qualidade do ar. Professor em disciplinas de Manutenção, Modernização de Edifícios, Ar Condicionado e Qualidade do Ar Interior em MBA’s e cursos de especialização da USP, SENAC, AABIC e ABRAFAC. Sócio-Diretor na MARAN – Gestão De Ativos Físicos  

Ricardo Barros – Gerente de Facilities do Grupo Konecta. É Engenheiro Eletricista, com MBA em Gerenciamento de Facilidades pela Poli/USP, cursando Especialização em Gestão De Obras, Qualidade e Desempenho das Construções pela FMU. Como Gerente de Facilities na Konecta Brazil Outsourcing, é responsável por toda a infraestrutura elétrica e ar-condicionado, limpeza e conservação, portaria, segurança, CFTV e controle de acesso físico, infraestrutura de redes e telefonia; novos projetos; retrofits; regularizações de legislações e normativas das edificações; projetos de eficiência elétrica e hídrica. 


Leia também:    

4 desafios dos prestadores de serviço na gestão de facilities  

Ferramenta de gestão de facilities transforma a operação de shoppings  

Como melhorar a gestão das equipes técnicas de facilities? 

O que são custos de manutenção e facilities?  

, ,
Menu